Notícias

Governador Marcelo Miranda participa da festa da 96 FM

05/02/2018 - Zuleide D´Angelo/Governo do Tocantins

No aniversário de 18 anos da Rádio 96FM, o Governador Marcelo Miranda prestigia a Fundação RedeSat com uma visita de mais de duas horas às suas instalações. Elogia a audiência da 96 FM e relembra sua história. Nos estúdios da rádio, disse ao vivo, que o ouvinte é o grande presenteado por toda a dedicação e trabalho. Fez questão de mencionar a importância deste veículo para os proprietários rurais, onde chega todos os dias, levando notícias, música e entretenimento. “Quem merece ser aplaudido são os ouvintes; eles,que fazem os pedidos e são atendidos pela equipe”, elogiou Marcelo.  Emocionado, o Governador pronunciou: “Deus é muito bom para nós e quando nos unimos tudo fica melhor”.

”Comemoramos uma data histórica, com profissionais que transmitem os sentimentos dos telespectadores,  e levam o que é de melhor para a sociedade”, disse Marcelo Miranda.  

O governador agradeceu à presidente da Fundação RedeSat, jornalista Gizeli Bertollo, pelo compromisso e determinação na condução da RedeSat. De sua parte, Gizeli manifestou, em nome de toda equipe, a honra em recebê-lo. Ela observou a sensibilidade que tem demonstrado o chefe de Estado com a emissora. Gizeli frisou que as cinco ilhas de edição que a emissora acaba de receber de mãos do Governador representam o primeiro passo para a digitalização. A presidente da RedeSat aproveitou ainda, para mostrar resultados que vêm sendo alcançados pela sua equipe: primeiro lugar no Estado na rádioweb e uma equipe de telejornalismo premiada em grandes prêmios de jornalismo do Estado.

TVE Tocantins na era da digitalização

Importante momento foi marcado pela entrega do Governador à TVE Tocantins,deequipamentospara operação da TV digital, que está em fase final de implantação. “Estou satisfeito por continuar fortalecendo o que é nosso”, disse emocionado Marcelo Miranda. O governador compartilhoucom toda a equipe da RedeSat a satisfação de poder fazer a sua parte. “Isso mostra o amor pelo Estado”, disse Marcelo.

Sobre o processo de início da digitalização, Marcelo frisa a importância que é acompanhar as tecnologias. Conforme o Governador, os equipamentos das ilhas de edição irão dar condições ao Tocantins para seguir as novas tecnologias. Marcelo manifesta seu orgulho em acompanhar esta evolução com uma rádio e uma TV tão comprometida.

Muito animado, à vontade em todos os momentos, Marcelo Miranda frisou que “a vitória da RedeSat  é o resultado do trabalho e esforço”.

Ponte nova de Porto

Os canteiros de obras da ponte nova de Porto Nacional, que serão instalados ainda neste mês de fevereiro, foi outra grande boa nova anunciada pelo governador Marcelo Miranda, durante transmissão ao vivoda 96FM e TVE Tocantins. Na sua avaliação, a ponte de Porto é uma grande obra mas é preciso que não desvalorizemos a importância da velha ponte que será substituída. 

Investimentos

Cerca de R$ 140 mil foram investidos em quinze equipamentos eletrônicos, sendo 5 ilhas de edição de alta qualidade e 10 estações de trabalho. Equipamentos de última geração que serão fundamentais para as ações da TVE Tocantins e da 96 FM. As ilhas ficarão para os núcleos de Jornalismo e de Produções Especiais e proporcionarão agilidade na edição e finalização dos produtos da emissora.

Além disso, a emissora também recebeu dois veículos novos da marca Gol, somando cerca de R$ 70 mil, que trarão também melhorias para o transporte das equipes em busca de notícia, informação e entretenimento, podendo cobrir com agilidade pautas em várias localidades do Tocantins.

Para Gizeli Bertollo, os investimentos representam a modernização da emissora e a valorização na difusão cultural por meio de produtos midiáticos de alta qualidade. “Com novos equipamentos temos condições de ofertar notícias e programas variados com imagens e sons em alta definição. Além disso,  com novos equipamentos em hd iremos produzir programas transmidiáticos e poder inovar na TV Pública, por meio de conteúdos interativos e de participação popular”, pontua a jornalista.

Além de modernizar a emissora e proporcionar qualidade aos programas, os equipamentos também são fundamentais no processo de transição do sistema analógico para digital. Até novembro de 2018 o Brasil precisa estar com todo o sistema migrado. “Com as novas ilhas de edição, poderemos também cumprir o prazo de migração para o sistema digital”, frisa a presidente.